sexta-feira, 6 de julho de 2007

a minha alma tá apontada para a arma do sossego

Vivemos desconectados da nossa alma.
Vivemos pensando, e agindo com a mente.
Pensando no que vamos comprar.
No que vamos comer.
No que vamos fazer.
Não conseguimos parar por pouco segundos no nosso dia e olhar para dentro.
Para aquele profundo e assustador vazio que há em nós.
E quem tem a coragem?
Eatar em contato com o nosso espírito exige coragem. Coragem e humildade. Não a humildade no sentindo da humilhação, mas no sentindo de entendermos que existe uma coisa maior que nos guia. Que não somos somente o ego, somente o corpo. Que por mais que pareça que existam problemas e defeitos em nós, a nossa alma é perfeita.
Sempre perfeita.
Não existe nada que ela não possa fazer.
Não existe nenhum desafio que ela não consiga superar.
Admitir isso é o principio da re-conexão da alma, do nosso Eu, com aquilo que chamamos corpo humano.
Todas as pessoas, por mais fortes que sejam, passam por momentos de insegurança. Isso não as faz menos fortes. A fraqueza surge apenas quando queremos fazer de conta que não passamos realmente por momentos de dificuldade e pousamos de orgulhosos. Pedir ajuda a quem se confia não é má ideia, o grande lance é saber em quem confiar!
Tenho dito isso há vários dias.
Termino com Cecília, que me entende a alma.

Que desejas
Tudo?
Nada.
Viajo sozinha com o meu coração.
Não ando perdida, mas desencontrada.
Levo o meu rumo na minha mão
A memória voou da minha fronte.
Voou meu amor, minha imaginação ...
Talvez eu morra antes do horizonte.
Memória, amor e o resto onde estarão?
Deixo aqui meu corpo, entre o sol e a terra.
Beijo-te, corpo meu, todo desilusão !
Estandarte triste de uma estranha guerra ...
Quero solidão.

PS: Teresina, tá pegando fogo nos próximos dias.
PIAUÍ POP.

4 comentários:

Marli. disse...

A coragem é a mais alta das qualidades humanas, pois é a qualidade que garante as outras.
Vc é uma mulher de coragem.
Bom fim de semana.
Bjs.

Rosa Magalhães disse...

Submergi, Rosinha. Vai lá e vê. Ah, e linda é você, viu? Beijos e rosas!

Diana disse...

AMOR, pq sempre estamos pensando ou falando nele? È tão importante amar? Não quero mais, optei pela calmaria do dia a dia, sem surpresas ou dor...Boa sorte a vc ,cara amiga, que sua espera ñ seja tenha frutos!

Diana disse...

digo q sua espera ñ seja em vão e tenha bons frutos,bjos.