terça-feira, 24 de julho de 2007

mudando planos.

Filhos... bom tê-los.
Já estou na saudade de dias de tanta luz, sorrisos, e cores.
Tudo teve tanta importancia em todos os sentidos.
Eliane obrigada por sua hospitalidade, generosidade, amorosidade, e energia.
Nossos destinos não foram cruzados por acaso. Valeuuu demais.
Cheguei em casa..... na minha rua, no meu sinal.
E nessas 24 horas já conteceu tanta coisa linda ......
Estou muito bem. Estou muito em paz.
Estou no momento de voar
Estou na minha hora.
Arriscar-se, atirar-se destemidamente na direção do novo.Hummm....???
Ainda que em muitas horas possa me apavorar e tentar me demover daquilo que minha alma interpreta como um novo impulso criativo.
Verdadeiros amigos dizem que eu posso. Eu sei. Eu sei.
E agora nesse momento sai esse rascunho poético de devaneios.

"Você surgiu do nada, apenas no olhar
Nem fui atras, pensei apenas que era sonho.
E menino lindo veio. Vindo devagar.
Querer ter, querer ficar, querer buscar.Será??
Será que isso são coisas do amor..Será??
Nem sei se posso dizer não, talvez nem quero.
Fugir....Fugir...Fugir. Pra que?? De que??
Mas.......
Você olha pra mim
E é tão fácil mudar qualquer plano
Eu te quero assim...sim
Não importa o que vai acontecer.
Vou viver.......
Não me sinto incomodada em viver coisas novas,claro que tenho minhas ressalvas e minhas inseguranças. Mas... nem sei o que é seguro nessa vida.
Temos muitos pre`conceitos e se muitos deles nos fazem mal, podem e devem ser quebrados.
Sempre fomos viciados em certezas e seguranças...Que merda!!!
Mas eventualmente, alguma loucura é mais do que bem-vinda!
Minha vida esta em movimento e sempre afirmo que a todo momento é hora de recomeçar.
O medo??? Falo tanto do medo aqui.
Ele existe de uma forma absurda. Não posso é deixar que esse absurdo seja maior que eu. Uma amiga disse: "não espere as coisas tomarem uma forma “certa” para agir."
Embora muita coisa aconteça sem que eu faça nada, às vezes é bom dar uma mãozinha.. Já tinha identificado as águas que deveria renovar.
Achei meu ponto de mutação.
Termino sendo caça de mim mesma.
No raso sempre me procuro nesse mundo doido de meu DEUS.
Tou indo.
Ahhhhhh..... é sim!!(escrito por rosinha)

eu

PS: foto tirada na casa de Eliane, num almoço com hora de jantar, tomei um bom vinho, e brindei alegria de estar com meu filho e amigos, de coração.

7 comentários:

Marli disse...

Que bom que vc voltou.
Tava com saudades.
Quero te ver.

Renata Dias. disse...

Brindo com vc toda sua alegria e energia Rosinha.
Vc é uma das poucas pessoas que conheço que realmente procura viver da luz do amor.Bjs.

Carol disse...

Doido é quem ainda não te conheceu mulher.Saudade danada.

Rosa Magalhães disse...

Impressão minha ou esse coraçãozinho tá mais leve?? Que bom tê-la de volta. Vou te ligar sim, pra gente papear! Beijocas.

Simone disse...

Rosa tou muito feliz por vc.Sempre soube que iria encontrar teu ponto de mutação.Bjo grande.

Anônimo disse...

Queria eu ter uma asa e voar até vc.

Diana disse...

Rosa, ótima foto e seu filho é lindo, deve ter na alma um poko ou mto da energia boa da mãe, seja bem vinda a nossa cidade ainda verde,bjos!