sábado, 14 de julho de 2012

cria do tempo



Me desfiz das incertezas que grudaram no cabelo.
 Lavei o sal do corpo e agora vivo assim, fazendo doces de mim.




xero na alma.

Um comentário:

Marisete Zanon disse...

Pelo que leio aqui tu já és um doce...! Obrigada por seguir o confissionarim. Acho que faz tempo que estive aqui, não lembro, gostei muito e posso linkar teu blog? Já estou linkando...rss
Beijos querida!