quarta-feira, 29 de outubro de 2008

NO DEVIDO TEMPO.

"Dor não tem nada haver com amargura.Acho que tudo que acontece é feito, pra gente aprender cada vez mais, e pra ensinar a gente a viver.
Desdobrável.
Cada dia mais rica de humanidade
." (ádélia prado)

XeRosinha.

5 comentários:

Tatá disse...

Sábia Adélia!
A dor sempre existirá, mas cabe a nós não deixarmos que ela nunca venha a cessar.
Beijão

Donaella disse...

Defendo o enfretamneto, no momento em que for possivel!
Adoro vir aqui e adorei a foto principal!
Bj no coração vribrante, independente das interdecorrências!
:**

Rosa Magalhães disse...

Apesar de falar da dor, há sempre flores por aqui...
Beijo na sua alma, meu bem!

Jucosfer disse...

ainn, que saudade daqui.sempre tão acolhedor. aqui está bonito rosa saron. e nada melhor que o tempo para eliminar a dor , a amargura e seja lá o que for. tempo é cura.

Donaella disse...

Olá Rosinha,
Vc acertou em cheio em minh'alma com a poesia, linda, do quintana. O mundo é mesmo repleto de sinais e vc é um!:))
Te adicionei no msn, ta bem?! Espero que nao tenha problemas!
:** enorme nesse coraçãozão