segunda-feira, 7 de abril de 2008

TENHO AMOR

Existem aquelas alturas em que estamos simplesmente nulos.
Em que nos sentimos uma nulidade.
Uma perfeita e redonda nulidade.
Podem dizer maravilhas. Não serve.
Não basta. E não serve.

Todas as coisas que não eram suposto acontecer.
Acontecem!
E inexplicavelmente.
Abalam.
Eu sei que sou cheia de erros.
Todos temos os nossos.
E quem nos os tem. É porque mente.
Não queria valorizar o todo.
Estou mais eloquente que o normal.
Procurando manter o alto astral e a postura positiva não desanimando
.

Tudo me desafia.
Ando muito perto de mim.
Fere.
Ah!! Se não tivesse amor.
Estaria morta.

Xero na alma.
Uma semana de muita luz.




3 comentários:

Tatá disse...

O ser humano é um pouco egoísta e não pára para pensar que já possui todas as dádivas de que precisa.
Você tem muito amor; e só quem realmente AMA é capaz de escrever assim, com tanto amor.
As palavras sempre ganham vida através dos seus dedos.
Beijão

Nandinha... disse...

Te achei em um blog em um comentario...

E serei obrigada a voltar mais vezes...

Bjus

Akinogal disse...

See Please Here