quinta-feira, 3 de abril de 2008

TEMPO TEMPO TEMPO

Recados e Imagens - Poemas - Orkut

Meus olhos caminham cansados

Parece que nada transpassa a camada

Que tomou conta do meu ser...

Caminho misturando-me ao asfalto

E a uma multidão fria que desconheço...

Desço e subo ruas

Cruzam olhares azulejados com o meu

Nada me dizem

Nem sei o que sou

Asfalto, multidão... pedras

As coisas que vejo e sinto são todas parecidas...

(eslisabeth vasques)


Xero na alma.


6 comentários:

Ana Jácomo disse...

Muito obrigada! :)
Lindo, o poema que você deixou por lá.
Um beijo.

Tatá disse...

Sempre tudo muito lindo por aqui!
Há tempo pra tudo, principalmente pra você saber que "apesar de", você é muito forte.
Beijos

Francisco disse...

Olá Rosinha, tudo bem com vc? espero que sim....
Adorei os poemoas, realmente a tempo pra tudo, lembre-se que cada segundo e único e que o tempo passa e nao volta atraz... um bjo pra todos ai e Fiquem com Deus...

xero!!!
Fco junior(chico)

Kijar disse...

SECURITY CENTER: See Please Here

O Profeta disse...

Fantástica a forma como pintas com as palavras...


Doce beijo

Perplexa disse...

"O tempo é muito lento para os que esperam
Muito rápido para os que tem medo
Muito longo para os que lamentam
Muito curto para os que festejam
Mas, para os que amam, o tempo é eterno."(Willian Shakespeare)

Desejo q ames sempre!Diana.