quarta-feira, 29 de agosto de 2007

duração do instante que passa

Existe somente uma idade para a gente ser feliz, somente uma época na vida de cada pessoa em que é possível sonhar e fazer planos e ter energia bastante para realizá-los a despeito de todas as dificuldades e obstáculos.
Uma só idade para a gente se encantar com a vida e viver apaixonadamente e desfrutar tudo com toda intensidade sem medo nem culpa de sentir prazer.
Fase dourada em que a gente pode criar e recriar a vida à nossa própria imagem e semelhança e vestir-se com todas as cores e experimentar todos os sabores e entregar-se a todos os amores sem preconceito nem pudor.
Tempo de entusiasmo e coragem em que todo desafio é mais um convite à luta que a gente enfrenta com toda disposição de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO, e quantas vezes for preciso.
Essa idade tão fugaz na vida da gente chama-se PRESENTE e tem a duração do instante que passa


de mario quintana


Quero cavar um poço!
Cava-lo não é tão importante.
Preciso indentificar o melhor lugar para cava-lo.
Assim, terei abundância na fonte que procuro.

eu




xero na alma

3 comentários:

Eliane disse...

O sabio Quintana tem razão.
Viva seu momento.Vc merece.
Bjs.

Rosa Magalhães disse...

O importante (como diz a música) é: "viver e não ter a vergonha de ser feliz... cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno aprendiz". Vi sorrisos por aqui. Senti paz. Beijo, flor!

Cleo disse...

Rosinha, amiga, muitas saudades de vc.Estou muito feliz em saber que teu momento é de amor e paz.
Vi sua neta no orkut, linda como a avó.Aqui estamos sempre torcendo por vc.