quinta-feira, 28 de junho de 2007

não substime seus momentos

Meu doido coração aonde vais.
No teu imenso anseio de liberdade?
Toma cautela com a realidade;
Meu pobre coração olha que cais!
Deixa-te estar quietinho!
Não amais
A doce quietação da soledade?
Tuas lindas quimeras irreais.
Não valem o prazer duma saudade

( florbela spanca)

Esses dias pautei meus textos sobre o amor, a vida, o companheiro.
Gosto desse tema. Me faz bem descutir.

A busca desse "amor", ela é constante, mas nada que seja uma prioridade, tenho vivido muito bem sozinha.
Cada vez mais vejo que pra gente ser feliz não precisa necessariamente de um amor, mas de vc estar bem, e atrair pessoas legais na sua vida. 
Mas se ele aparecer, será bem vindo.
 Amores de plasticos não combinam comigo.
Eles existem.
De uma maneira intensa, e pulsiva.
Não fazem parte do meu mundo.
Não consiguiria viver desse amor. É melhor ficar desacompanhada.
Amor proprio vai bem? Vai?
Primeiro eu? Segundo eu? Terceiro eu?
SERÁ??
Fiz varias concessões por amor:
Naõ me arrependo.
Estou aqui. Muito melhor.

» Decidi pela alegria, pelo amor, e pela luz! 
Se há algo em minha vida que obscureça minha capacidade de crescer e ser feliz, deixo de lado e olho para frente. Não é fácil! Acredite, mas se consegue. 
Se você não acreditar nisso, quem acreditará? 
Há muito tempo que ando me conhecendo profundamente. 
Aos poucos, vou encontrando caminhos que me atrem e me fazem bem. 
Mas não subestime este momento, não subestime a si mesmo.
Somos uma alma individualizada, nascemos sós e morreremos sós. Portanto, é assim que me enxergo agora.
Há muito tempo vivo um momento de cura.
Trabalho minhas antigas angústias, estou em interação entre meus mundos internos e o externo.
Muita coisa tem acontecido. As vezes rapido demais.
Colhemos o que plantamos e plantamos o que colhemos. Às vezes é tudo lindo, é tudo fácil de escrever, mas na pratica tem outros detalhes..Temos o costume de nos vitimar.
Eu particularmente acho o fator cobrança, um motivador.

Luto pra estar em paz sempre..


eu



4 comentários:

Rosa Magalhães disse...

Eu precisava ler essas palavras hoje, tão sábias! Preciso me reciclar. Preciso "subir à tona pra respirar" e voltar nova em folha. Rever conceitos. Mudar umas coisas. Mudar inclusive a linha do blog, se for o caso. Tô cansada, acho... Beijo, Rosinha!

She Python disse...

pressa não combina com paz... :)

Eliane disse...

vc, cada dia que passa, fica melhor. ponderada, centrada,e o melhor, dona de si.
saudades de vc.

Cris disse...

Maravilhosa.