domingo, 7 de janeiro de 2007

ENCARNANDO UM PERSONAGEM DA VIDA REAL.



"Olha eu aqui brincando de ser rainha, adoro fazer teatro, encarar um personagem, sempre achei que nasci para atuar, infelismente não corri atrás desse sonho.
Mas sempre quando me encontro com acessorios, que posso me enfeitar de uma forma sensual, encarno, gosto mesmo, adorooooo a sensação que me dá de pousar e pensar que sou uma rainha, e tenho um principe ao meus pés, vcs devem tá pensando: (ela é louca mesmo), mas não se preocupem não, é só um pouquinho. Nessas ocasiões coloco tantos demônios pra fora, fico livre, e me sinto muito feliz. Falando nisso na última vez que estive em São Paulo a trabalho pela empresa que trabalhava GRUPO SILVIO SANTOS, ficávamos 6 dias em seminários, gente de todo o Brasil, uma maravilha, e num desses dias, teve DINAMICA DE GRUPO, fui escolhida para encenar uma personagem em cima do palco. Seria uma cantora, teve produção de figurino, usei uma peruca estilo Sandra de Sá, vestido solto anos 60, maquiagem carregada, bom... foi super legal, mas estava muito nervosa, tinha muita gente pra ver o minha apresentação, claro todos eram amigos e já me conheciam, podia até relaxar, mas a coisa num funcionou desse jeito, as pessoas esperam de vc o melhor em tudo, e eu estava ali pra mostrar um lado que alguns conheciam,( claro que as pessoas do meu grupo sabiam do meu lado palhaça), mas,com outros não, sempre me mostrava muito séria e compenetrada., e queria que ficasse boa a apresentaçõa,e que todos gostassem........não foi fácil...me tremia muito, me deu um branco, não sabia nem o tom da música, e todo mundo canta, canta, canta....tentei brincar um pouco com a platéia, pra relaxar e consigui.Procurei no meio das pessoas uma que pudesse me transmitir confiança, e olhei pra Luciana Gebara, amiga de Juiz de Fora(mg), é nela que olhava, e fazia o que tinha que ser feito, cantar uma musica em ritmo de axé acompanhado com um violão e levantar a platéia junto, mostrando alegria e entusiasmo,, e foi o que fiz, num medo danado, mas fiz, e num é que percebi que tava agradando,... tempo depois as pessoas começarãm a se levantar e gritar, mais uma... mais uma... minha peruca caia, eles sorriam, foi , maior barato, aí percebi que todos estavam participando, fiquei tão feliz, que começei a chorar, e todo mundo começou a sorrir, pela situaçõa, eu tambem comecei a sorrir e chorar ao mesmo tempo... fiquei muito emocionada, uma experiência que jamais vou esqueçer.Depois vc pensa que os medos e amarras infundadas da sua cabeça,não te leva a lugar nenhum, muito pelo contrário, bobagens que vc passa a vida pensando se não fizer legal, ninguem vai gostar de vc, e deixa de viver tanta coisa boa.É assim que me sinto hoje, engano meu medo me lembrando dessas historias de minha vida, pra mim não esqueçer um só minuto, que nada é facil, mas tudo pode ser feito, se tiver vontade, carinho e respeito. (ESCRITO POR ROSINHA)

5 comentários:

Tia Cleo. disse...

Rosinha só vc mesmo pra me fazer lembrar daquele dia maravilhoso, vc foi 10, no último seminario, todos , mas todos mesmos perguntaram por vc, vc é muito especial.

Tia Cleo disse...

Não podia esquecer de dizer que vc esta muito mais bonita, espero te ver logo. Bjs.

Luciana disse...

Adorada, muitas saudades de vc.
vc esta muito bem.

simone disse...

Rosinha só vc mesmo,nunca deixamos de falar em vc.
Vc se tornou exemplo em nossas reuniões.As coisas mudaram muito, por aqui, acho que vc saiu na hora certa, mas sentimos muita falta da sua alegria, e sua inôcencia.
Fica com DEUS. Tô gostando de ver,o Piauí tá te fazendo é bem, tá linda, aposto que já arrumou um namorado, hahahaha. Bjs.

Andrea. disse...

O futuro começa todos os dias, bom saber que vc estar bem.Abraço.