quinta-feira, 27 de outubro de 2011

professando sobre o aprender....



.

Recolhendo os ecos dos meus dias, os gritos do desapego.

Tenho acolhido com dor e alegria, suor e sangue, lágrimas e esperanças, tudo que a vida quer me ensinar.
Porque sou ávida por aprender.
Mas tenho tanto amor...que quase sempre me falta a razão.


E só sei usar cores intensas
 
 
xero na alma.

Um comentário:

Baby disse...

Que maravilha, ser assim inteira e intensa!
Beijos.