segunda-feira, 26 de maio de 2008

definir


Texto pra meditar...continuação.

Nós humanos somos seres estranhos. Nunca estamos felizes com nada. Vivemos sempre buscando algo que não temos, e o que temos já não nos importa.
Algo como: a felicidade está em um patamar acima do nosso e estamos sempre a buscá-la. Enfim, por mais que tenhamos bens, saúde, uma família, sempre falta algo. Que seja algo distante, que seja impossível, pois será isso que iremos desejar, ainda que o que precisamos, de fato, esteja ao alcance de nossas mãos.
Carros, casas, bens, dinheiro, dinheiro.
Seria essa a definição ideal de felicidade?

Não sei, a resposta não é tão simples.
Talvez a felicidade não se resuma nessas coisas, em bens materias, embora estas coisas ajudem muito.
Talvez, as coisas mais mais valiosas que temos, por mais démodé que seja, são amores. Não amores carnais apenas, paixões, mas sim amores, amores pelo simples viver, do amanhecer de um dia, de uma vida envolta de prazeres simplórios, e que não são necessariamente relacionados a dinheiro. Tá, reconheço que isso é filosófico demais, mas é realidade. Afinal, a vida deve ser encarada como um simplicidade impressionante, porque a vida é mesmo complexa. Mas é difícil ver simplicidade na vida, porque, aliás, a felicidade é, além de tudo, complexa.
Quando criança, eu queria ser adulto, mas por que cargas d’água hoje eu gostaria de ser criança? Por que sentimos falta daquilo que tivemos, e que sempre desejamos descartar?
Afinal, o que te faz feliz? O que nos faz feliz? O que é ser feliz? Talvez seja a esperança de saber que o amanhã poderá ser melhor, e é por isso que batalhamos hoje.
É, talvez ser feliz seja isso: viver o que temos pra viver da maneira que podemos.....

E sabiamente Cora Coralina extravazou..

"Não sei... Se a vida é curta ou longa demais pra nós. Mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura...
Enquanto durar."

Boa semana.
Xero na alma.

(25/05/08 niver de Alan. Nós em momentos simples da vida....sendo feliz.

4 comentários:

Rosa Magalhães disse...

O que me faz feliz?? Fácil responder: as pequenas coisas me deixam mais feliz do que aquelas que os "leigos" chamam de grandiosas... Beijo na alma, lindona!!!

www.odamae.zip.net

Donaella disse...

O que me faz feliz? Simples: brilho no olho, igual ao que estou curtindo agora! O viço, vívido, corado, a vida ronpendo-se todos os dias, sempre ativa!! Isso me da razões para respirar fundo e feliz!!
A Cora é tudibom!!! Quero amar para promover!
Bj Querida Rosa!

Cleo disse...

Rosinha, vc tá cada dia mais bela.
Feliz tou eu, de passar por aqui e vê-la tão bem.
Lulu Santos já cantou.....nada do que foi será do jeito que já foi um dia, tudo passa tudo passará.
Saudades de vc.

Perplexa disse...

Esses momentos são os melhores, parabéns para o Alan(um pokinho c atraso.