quarta-feira, 4 de outubro de 2006

04 DE OUTUBRO / SÃO FRANCISCO DE ASSIS.



Senhor,
Fazei-me instrumento de vossa paz.Onde houver ódio, que eu leve o amor;Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;Onde houver discórdia, que eu leve a união;Onde houver duvida, que leve a fé;Onde houver erro, que eu leve a verdade;Onde houver desespero, que eu leve a esperança;Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre,
Fazei que procure mais consolar, que ser consolado;compreender que ser compreendido;amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado,e é morrendo que vive para a vida eterna.
Queria deixar essa oração pra todos aqueles que passam pela dor da perda, do luto,
em especial a todos os familiares, amigos dos passageiros e tripulantes da GOL.
Que DEUS EM SUA INFINITA MISERÍCORDIA TRAGA A
PAZ DE ESPIRITO NESSE MOMENTO DE IMENSA DOR.
AMÉM.

Senhor,
Fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver duvida, que leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança
;Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó Mestre,
Fazei que procure mais consolar, que ser consolado;compreender que ser compreendido;amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado,e é morrendo que vive para a vida eterna.

Um comentário:

Luciana disse...

Gostei.