domingo, 13 de agosto de 2006

A ROTA DO INDIVÍDUO



Não vou abandonar o navio, vou levar
minha viagem adiante. Sigo na bússola do
meu coração, confiando na minha
intuição e no meu potencial. Vou fazer as
inovações que estou pensando,
mudando as cores da paisagem. Uns & outros
podem não querer me apoiar,
ou não entender para onde eu estou indo... Fazer o
quê, se nem todo mundo
tem horizontes tão amplos? O meu mundo tem.
Estou
regando todo dia minha
auto-estima, sempre tendo uma visão realista e positiva
de mim. Não tá sendo
fácil, mas tento fazer sempre o melhor possível nos
diversos aspectos da
minha vida. Eu tenho certeza de que sou muito melhor do que
eu penso ser!


2 comentários:

rubo jünger medina disse...

Rosinha, com certreza são afirmações que elevam ainda mais a auto-estima.
Beijos.

Anônimo disse...

Vc é linda, mais que demais, linda sim, onda do amor que bateu em mim.