quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

sobre fragilidades




"É tão estranho carregar uma vida inteira no corpo, 
e ninguém suspeitar dos traumas, 
das quedas, dos medos, dos choros."
( ... )
Vc se torna frágil
Você tem tanta vontade de chorar, 
tanta vontade de ir embora. 
Para que o protejam, para que sintam falta. 
Tanta vontade de viajar para bem longe, romper todos os laços, sem deixar endereço...
Ai, você se comove com o que não acontece, você sente frio e medo. 
Parado atrás da vidraça, olhando a chuva que, aos poucos começa a passar.

de caio 


xero na alma...

Um comentário:

Lilah Costa disse...

Caio Fernando Abreu não esxiste, velho. Nunca esxistiu. Não é possivel alguém saber tanto sobre mim assim, assim não.


ps: seus conselhos sempre me ajudam!
beijos