domingo, 5 de dezembro de 2010

o que é infinito na minha frente


Tentei descobrir na alma alguma coisa mais profunda do que não saber nada sobre as coisas profundas. 
Consegui não descobrir.

de manoel de barros


Existem coisas  que eu não sei
coisas do chão, da  alma, da vida ... do coração.
Quero me desacostumar de  me contar inteiramente a alguém. 
Tenho conflitos. 
Tambem tenho necessidades
E a quem pode me dá peço coragem
Simples assim.

eu

bom domingo.
xero na alma

2 comentários:

Donaella disse...

Somos, mesmo, este "entre".
Bj Flor

Iram M. disse...

Querida,
Como foi o seu fim de semana?
E o calor por ai?
O frio daqui só não me congela porque ele vai somente até a superficie da alma.

Beijos

Iram