quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

como pedrinhas de cores


Cultivo alegrias num jardim onde estamos eu, os sonhos idos, os velhos amores e seus segredos.
E a esperança – que retrilha como pedrinhas de cores entre as raízes.
(...)
Sou uma mulher simples, em busca cada vez mais de mais simplicidade. 
Amo a vida, os amigos, os filhos, a arte, minha casa, o amanhecer. 
Sou uma amadora da vida”. 

de lya luft

um belo dia pra todos, com noite de estrelas
xero na alma

3 comentários:

Jucosfer disse...

você é bela.

Iram M. disse...

Foto digna de rodar o mundo.
Duas carinhas mais lindas!

Beijo duplo pra vcs.

Iram

Rosinha disse...

Linda é tu Juliana.


Obrigada Iram.


xero nas duas.