quarta-feira, 11 de agosto de 2010

para aqueles que me importam muito

Oh Deus, eu que já fui muito ferida. Mas quanta gente tenho pelo que agradecer. 
Só não cito os nomes para não ferir o pudor de quem eu citasse. 
Tenho recebido olhares que valem por uma reza. 
E há quem já tenha feito promessa por mim. 
E eu? 
Vou tentar rezar agora mesmo, despudoradamente em público. 
É assim: - Meu Deus - não, é inútil, não consigo. 
Mas talvez dizer "Meu Deus" já seja uma reza. 
Há, porém, um pedido que posso fazer e farei agora mesmo: 
Deus, fazei com que os que eu amo não me sobrevivam, eu não toleraria a ausência. 
Pelo menos isso eu peço.”
Amém.
 

 Clarice Lispector 

 xeros.

2 comentários:

Jucosfer disse...

Amém!

Rosa Magalhães disse...

Papai do Céu não precisa de palavras, nosso coração diz tudo que ele precisa saber...

Que Deus te abençoe todos os dias.

Bjo de flor!