segunda-feira, 10 de setembro de 2007

uma estrela




























Primeira de outras vidas...
Há 24 anos Deus me fez instrumento.

Gerar vida para dá vida a minha vida.







Quis abraçar-te porque eras assim pequena e sem defesa, e os meus braços me pareciam fortes. Porque me tinham dito que eras Aquela que tínhamos esperado; que eras tu o fruto da grande espera. E que ao abraçar-te se abririam caminhos novos, com cores novas; e que veríamos aquilo que antes não podíamos ver; e que conheceríamos a música quentinha estado escondida
durante longos séculos."....





Na escuridão
presente estas no ventre..
espero mês que virás...
serás a estrela..
iluminarás meu dias...
terás o encanto..
a pureza de uma flor..
hoje és o fascinio...,
o mistério a magia...
és o pequenino fruto...
do meu grande amor.
(música composta por luiz alberto, para julianna quando engravidei.)

Ainda pouco falei:
Vontade dá e passa....
A vontade que tenho agora é estar ao lado de julianna, mas..

Não estou.
por que não passa??
por que lateja??
por que choro??
por que sinto tanto??
.....Filha vc não tem noção como meu coração tá apertado.
Querendo abraçar vc, ana e davi.....
minhas lágrimas descem como se quisesse lavar minha alma de tanta saudade.

xero...boa semana a todos

eu

7 comentários:

Diana disse...

"Tuas crianças não são tuas crianças. Elas são os filhos da Vida que anseia por si.
Elas vieram através de ti mas não de ti, e a despeito de estarem contigo elas não te pertencem.
Tu podes dar-lhes teu amor mas não teus pensamentos, pois elas têm seus próprios pensamentos. Tu podes hospedar seus corpos mas não suas almas, pois suas almas habitam a casa do amanhã, que tu não podes visitar, mesmo em teus sonhos.
Tu podes empenhar-te para seres como elas, mas não tentes fazê-las serem como tu, pois a vida não caminha para trás nem coabita com o ontem.
Tu és o arco do qual tuas crianças, como flechas vivas, são impulsionadas.
Arqueiro, vede a marca sobre a trajetória do infinito, a ele te dobra com seu poder para que tuas flechas sigam velozes e para longe.
Deixes que a flexão na mão do arqueiro seja para o contentamento e a felicidade, pois assim como Ele ama a flecha que voa, Ele ama também o arco que seja firme".
( Gibran Khalil Gibran)
Parabéns p linda família q tem!

Diana disse...

Amiga tb tnho uma flor de setembro!

Rosa Magalhães disse...

Nossa, Rosinha, como ela se parece com você! Linda a sua moça. Linda a filhotinha dela... Parabéns! Beijocas.

Eliane disse...

Julianna parece muito com a mãe.
Linda.Parabéns.

Mario disse...

Parabéns para Julianna. Parabéns pra vc, por filhos tão belos.

Jackeline disse...

Quem inventou a distancia, não conheçe a saudade. Bjs.

Tatá disse...

Amiga linda, que lindo o que você escreveu aqui. Fiquei emocionada mesmo. Imagino o quão apertado ficou seu coração por estar longe de sua filha.
Quantas imagens maravilhosas. Linda família: mãe, filha e neta...o ciclo de amor pleno.
Felicidades a vocês sempre.
E um Feliz Aniversário a Julianna, repleto de alegrias, saúde e harmonia.
Xero