quinta-feira, 21 de outubro de 2010

ENSAIOS DA VIDA


...se antes de cada ato nosso,
nos pudessemos prever todas as consequências dele,
primeiro as imediatas, 
depois as prováveis, 
depois as possíveis, 
depois as imagináveis,
não chegaríamos sequer a mover-nos de onde o primeiro pensamento nos tivesse feito parar.

saramago


xero na alma de quem passa por aqui

Um comentário:

Jucosfer disse...

Em Ensaio sobre a cegueira!!!