sábado, 24 de julho de 2010

sabe de uma coisa

Ontem chorei. Por tudo que fomos. Por tudo o que não conseguimos ser. Por tudo que se perdeu. Por termos nos perdido. Pelo que queríamos que fosse e não foi. Pela renúncia. Por valores não dados. Por erros cometidos. Acertos não comemorados. Palavras dissipadas.Versos brancos....
Pela culpa. Toda a culpa. Minha. Sua. Nossa culpa. Por tudo que foi e voou. E não volta mais, pois que hoje é já outro dia. Chorei. Apronto agora os meus pés na estrada. Ponho-me a caminhar sob sol e vento. 


Vou ali ser feliz e já volto.

caio fernando 




...xero de rosa

Um comentário:

Lilah Costa disse...

È muito bom botar pra fora os nossos sentimentos!

Boa semana pra ti, Rosinha ^^