quarta-feira, 8 de julho de 2009

MONÓLOGO

O que fazer quando tudo que se pensa traz uma tristeza absurda?
-Sorrir.
O que fazer quando mesmo pensando em coisas que possam ser boas você não consegue se animar nem um pouquinho?
-Sorrir.
O que fazer quando todos os dias ficam iguais, sem gosto, sem cheiro, sem nada?
-Sorrir
O que se pode fazer?
O que??
Sorrir.

-Tenho que ver além do momento.
O mundo conspira a meu favor ou contra?
-Depende....
-Amanhã é um dia especialissimo.
-Tudo está ao meu favor.

eu

3 comentários:

rosammagalhaes disse...

Estou na torcida para que tudo se encaixe e para que esse "SORRIR" seja constante na sua vida.

Você me faz sorrir sempre e eu amo você por isso (também)!

Bjim.

Luiz Alberto disse...

Sorrir? Também. Mas, principalmente, agir! Isso mesmo. Você é forte. É maravilhosa. É capaz de realizar tudo o que quiser. Basta querer! Queira! Aja! E sorria, que o seu sorriso é lindo.
Acho engraçado quando você me chama de "ex".
Beijo. Luizinho

Dois Rios disse...

Oi Rosinha!

Se tudo conspira a favor e há dias especiais prestes a acontecer, só nos resta sorrir? Sorria, então! E já que estou chegando meio atrasada, espero que o "dia seguinte" tenha sido, e fato, muito especial.

Obrigada pelo carinho das suas palavras. Foi para além da "superfície da minha alma".

Beijo,
Inês